Fraturas do Cotovelo

O cotovelo pode ser sede de fraturas de difícil tratamento, geralmente exigindo a presença de profissionais especializados e treinados para que ocorra uma recuperação que traga funcionalidade adequada ao membro superior.

Dentre as fraturas mais comuns estão as da extremidade distal do úmero, como as fraturas supracondiliana e/ou intercondilianas tanto em adultos como em crianças; fraturas da cabeça e colo do rádio; fraturas do processo coronóide; fraturas do olécrano; assim como a combinação de algumas delas, podendo estar associadas também a luxações.


Posts Em Destaque
Posts Recentes